Alguns trechos...

"Subitamente, uma dúvida me assaltou ”Estaria vivo?”... “Estava vivo, certamente”, foi o que pensei. Não me passou pela cabeça a hipótese de estar experimentando a passagem para o outro lado da vida, embora só imaginasse tais sensações de liberdade física a partir de relatos de espíritos que tiveram essa especial experiência. Reforçava isso o fato de que também não tinha lembrança imediata de nada em minha existência que justificasse estar fazendo a passagem naquele momento, pois, até onde eu me lembrava, estava em casa descansando e apreciando a beleza da lua. A esta altura, minhas únicas certezas eram as de que eu vivia uma experiência que iria me marcar por toda a vida e de que, ao meu lado, naquele momento, alguém me conduzia carinhosamente para algum lugar...”

“Sorria de felicidade. Era o momento perfeito de que todos os homens precisavam para conhecer o prodígio da criação, para amar o Criador. Podia sentir a presença de Deus a meu lado, em torno de mim, dentro de mim. Fiquei entorpecido com o efeito do amor. Nada podia e queria fazer senão sentir o que estava sentindo. Nada podia e queria fazer senão descobrir até onde aquela experiência iria me levar e por quanto tempo ela permaneceria me encantando.”

“Se irmãos espirituais em seu caminho para a angelitude vêm até a casa de Jesus na busca da consagração da esperança, da consolidação da fé e da manifestação do amor, ponderem o quanto necessitam seus irmãos ainda encarnados, cativos da desesperança, da progressiva perda da fé e da ausência do amor em suas vidas.”

“Sua humildade é seu maior tesouro, mas jamais se envaideça por possuí-la.”

“Tranquilize-se. Ler o pensamento de Jesus Cristo é, para todos nós, um privilégio, mas, acima de tudo, é assumir responsabilidade em relação à história da humanidade. Ninguém conhece o coração e a mente de Jesus Cristo sem que, inexoravelmente, sofra o reflexo de seu imenso amor e de sua humildade. O que você acabou de ler e conhecer é o pensamento e a emoção d’Ele, e Ele acaba de compartilhá-los com você, assim como compartilhará comigo e com nossos irmãos que nos acompanham, no momento certo. Sejamos merecedores desse amor. Respondamos a esse amor com muito mais amor. Não só a Ele porque Ele não quereria isso, mas a nossos irmãos que têm em suas mãos seus destinos possíveis.”


Para compras online, escreva para mim ou siga o link abaixo:



Alguns trechos...

“... sua visão a respeito da beleza. Seus conceitos a esse respeito eram muito claros. Para ela, a beleza física jamais acabava porque ela era uma manifestação externa do estado interior das pessoas. Isso já seria suficiente para assegurar a sua eternidade. Pensava ainda Maira que, por via de conseqüência, a beleza era, a rigor, crescente. Isso porque ela espelhava a permanente evolução interna das pessoas e, sendo esta, naturalmente progressiva, em maior ou menor velocidade, igualmente “eterna” e progressiva seria a beleza externa. A beleza em si, no questionável conceito plástico, para Maira não tinha muita importância. Ela a valorizava no sentido da atmosfera revelada pelos olhos, pelo sorriso e pelas marcas das belas expressões, esculpidas pelo tempo. Maira era realmente uma mulher especial”

“A uns cinqüenta metros de altura, uma extraordinária luminosidade superou a claridade da manhã de sol, naquele bairro de Conceição, no Rio de Janeiro. Não havia pessoa que movesse sequer um músculo do seu corpo diante de tal fenômeno de brilho e luz. Para ainda maior assombro de todos, gradativamente inúmeros anjos trajando túnicas coloridas foram se tornando visíveis. Meninos e meninas de extraordinária beleza e graça. Não paravam de surgir em meio àquela intensa luz e imediatamente se espalhavam pelo ambiente fazendo uma graciosa algazarra, que enchia de alegria os corações de todos que lá estavam. Todos se mantinham sempre à mesma altura. Em pouco tempo, eram incontáveis os encantadores anjos que ocupavam aquele espaço. Tal era a sua quantidade que quase não se podia ver o azul da imensidão do céu. Como uma manta de proteção, alegria e amor, eles cobriram o local até onde a visão podia alcançar. Fizeram isso emitindo risinhos, o que só aumentou a paixão de todas as pessoas por aqueles cativantes meninos e meninas”

“...era realmente uma linda colônia. Predominava a vegetação em qualquer direção que se olhasse. Era circundada por muitas discretas elevações atapetadas pelo verde da vegetação tipicamente montanhesa e, ao centro, uma colossal planície ornada com graciosos jardins. Vista de onde Maira estava, a planície parecia um quadro caprichosamente pintado por um artista com ostensiva predileção por flores e das mais variadas cores e formas. Lagos de todos os tamanhos salpicavam a região de fontes de água pura povoada por incontáveis qualidades de peixes e vibrações de vida. Cortando sinuosamente o cenário, dividindo-o em dois, um caudaloso rio abastecia os lagos com água vinda da sua nascente, ao mesmo tempo em que servia de veículo para o deslocamento de imensos cardumes de um lago para outro ou para o alto do rio. De um lado ficava o complexo residencial da colônia. Encantadoras e práticas casas formavam vilarejos interligados. Esse conjunto de vilarejos se comunicava com o núcleo de trabalho por vias que deixavam cada um deles, corriam paralelas pela planície e se uniam em um determinado ponto. A partir deste ponto, nascia um novo caminho que ainda cortava boa parte da planície antes de atravessar o rio e se ramificar em direção a diversos locais onde estavam concentrados os inúmeros prédios de trabalho da colônia. A não ser pela concepção urbanística, era uma típica cidade de médio porte encontrada nos grandes paises. A diferença era que Telúria era uma colônia localizada no plano espiritual”


Para compras online, siga o link abaixo:



Um trecho...

"- Você tem medo de mexer na confortável, conveniente e asséptica estabilidade da sua vida! Enquanto você e uma grande e influente parcela da humanidade acolherem esses pensamentos, sentimentos e condutas em suas mentes e seus corações, todos me servirão, servirão à contradição em si mesmos! Você tem ódio de mim, embora não admita. A sombra, a nuvem cinza, como você e muitos homens me chamam, também é a sua verdade! Se ela é a sua verdade, não seria então a sombra uma forma de luz? A sombra é a conduta que você não quer ter e tem, da qual não quer ser lembrado e é... E por isso quer combater, fazer morrer! Por essa razão, você está aqui! Eu sou a revelação dos seus medos, das suas contradições. Enquanto isso persistir, você me servirá, assim como me servirá quem ouvir a minha voz!"

Para compras online, siga o link abaixo: